fbpx
Como usar o Google Data Studio

O Google Data Studio é uma das ferramentas mais bacanas do Google. Ela tem como objetivo gerar relatórios e visualizações de dados. Além de gratuita, permite conectar diversas fontes de dados, criando visualizações personalizadas. E ainda, permite a colaboração de diversos usuários.

Continue lendo esse post e descubra seus benefícios!

Principais Pontos do Google Data Studio

Transformar dados em informações é a principal característica da ferramenta. Por meio da criação de dashboards e relatórios visuais, conta com recursos fáceis de interagir, como tabelas, gráficos e mapas.

As principais características da ferramenta são:

  1. Criação de relatórios personalizados;
  2. Integração de diversas bases diferentes, como:
    • Bancos de dados MySQL e PostgreSQL;
    • Arquivos simples do Excel;
    • Ferramentas do Google, como Google Analytics, Google Ads e Google Sheets.
  3. Flexibilidade na criação visual.

São mais de 300 opções de integrações!

Como usar o Google Data Studio

A ferramenta é bem intuitiva e fácil de usar. Assim, o primeiro passo é definir objetivos claros em relação aos dados que você precisa analisar. Dessa forma, você saberá quais métricas inserir no dashboard antes de começar a personalizar. Portanto, tenha em mente que escolher corretamente os kpis terá impacto em todas as etapas seguintes.

Sendo assim, como comentamos, você poderá incluir tanto dados do Google Analytics quanto outros dados existentes até do sistema de da empresa. E mais: até uma simples planilha de Excel.

O segundo passo é a definição de quem terá acesso ao relatório. Afinal de contas, o Google Data Studio é uma ferramenta flexível e que pode atender a necessidade de alguns, mas talvez não de outros. Portanto, é importante que todos que tenham acesso ao dashboard estejam alinhados com os objetivos. Assim, estarão de acordo com as fontes de dados que serão utilizadas.

Integrando com outras plataformas

A integração é bem intuitiva. Acesse a página do Google Data Studio. Faça login com sua conta Google (utilize o mesmo login do Google Analytics, Search Console e Google Ads). Navegue até Origens de Dados e clique no Botão + Criar. Aceite os termos e configure as preferências de recebimento de e-mails.

Importando Dados

Nesse momento, aparecerão os Google Connectors e Partner Connectors. Assim, você terá as opções para conectar o Google Data Studio para montar seu dashboard.

Clique em Selecionar. Após escolher a conexão, clique em Autorizar. Repita essa operação para todos os tipos de dados e conexões que for adicionar.

Escolhendo as Conexões de Dados

Criando relatórios e dashboards no Google Data Studio

Com todas as integrações realizadas, agora é hora de gerar os relatórios e os dashboards. Clique na Opção Relatório em branco. Na sequência, você verá uma tela com a opção de conectar novamente a novos dados. Ali terá também uma opção de utilizar as origens de dados que foram integradas anteriormente. Você encontrará também modelos do próprio Google Data Studio.

Dessa forma, o aplicativo dará diversas opções e caminhos.

Criando Relatórios em Branco

Na sequência você irá adicionando os dados. Escolha os formatos das informações que você precisará analisar (Gráfico, Tabela, etc.).  E use também os filtros para personalizar os dados (localidade, período, etc.). Observe que a plataforma é bastante flexível. Da mesma forma, permite usar a criatividade na criação do dashboard.

Origens de Dados

Personalizando Tabelas e Gráficos

O vídeo abaixo, elaborado pelo Google tem uma introdução de como usar a ferramenta:

Dicas para maior proveito do Google Data Studio

Use e abuse dos templates da ferramenta. Ainda mais se você for iniciante. Dessa forma, você poderá experimentar os layouts prontos. E assim, poderá criar dashboards personalizados usando modelos pré-prontos.

Outra forma bacana de começar a trabalhar sem ser do zero é experimentar a galeria. Então, você pode encontrar dashboards criados pela comunidade que utiliza a ferramenta. Assim, são tantas opções que dificilmente não se encontre um dashboard interessante.

Como já foi dito, é essencial alinhar os objetivos de cada relatório para que as métricas sejam bem definidas. Você perceberá que os dados visuais mostrados no dashboard enriquecerão a análise de dados. Além disso, permitirão que a equipe fique alinhada nos objetivos.

O Google Data Studio é uma ótima ferramenta, principalmente em companhia de outras ferramentas. Portanto, use-o com o Google Analytics, Search Console e Google Ads. E faça sempre melhorias em seus painéis. Portanto, mãos à obra!

Gostou desse post? Que tal se cadastrar para receber nossos conteúdos? Ou, se preferir, entre em contato com um especialista da Vero. Assim, ele poderá ajudar sua empresa na análise de dados.

Google Data Studio: o que é e como usar
Tags:         
WhatsApp chat